17 de março de 2008

Atividade NOME-IDENTIDADE

Foi solicitado aos alunos que pesquisassem no portal Google o significado de seus nomes e perguntassem a seus responsáveis qual o motivo de terem recebido estes nomes. Professora Solange sugeriu o uso destes dois poemas:


IDENTIDADE

Às vezes nem eu mesmo

sei quem sou.

Às vezes sou

“o meu queridinho”

Às vezes sou

“moleque mal criado”

Para mim tem vezes que sou rei,

herói voador, cow-boy lutador,

Jogador campeão.

Às vezes sou pulga, sou mosca também

que voa e se esconde

de medo e de vergonha.

Às vezes sou Hércules, Sansão vencedor,

peito de aço, goleador.

Mas o que importa o que pensam de mim?

Eu sou quem sou, eu sou eu,

sou assim

Sou menino.

Autor: Pedro Bandeira

SOBRENOME

Como vocês sabem

Frankenstein foi feito

com pedaços de pessoas diferentes:

a perna era de uma, o braço de outra

a cabeça de uma terceira

e assim por diante.

Além de o resultado

ter sido um desastre

houve um grave problema

na hora em que Frankenstein

foi tirar carteira de identidade.

Como dar identidade

a quem era mistura

de várias pessoas?

A coisa só se resolveu

quando alguém lembrou

que num condomínio

cada apartamento é de um dono diferente.

Foi assim que Frankenstein Condomínio

ganhou nome e sobrenome

como toda a gente.

Autor: José Paulo Paes.

Fonte: http://www.nte-jgs.rct-sc.br/~educacaoinfantil/projetos/encantado.htm


Postar um comentário

Pesquisa