29 de abril de 2008

GlobalGreens 2008

http://www.globalgreens.org.br

Será nos dias 1 a 5 de maio de 2008 no Memorial da América Latina.

28 de abril de 2008

Bloquear o orkut e usar o Firefox



Surgiu na comunidade Educarede uma discussão sobre se o orkut deve ou não ser bloqueado, para evitar que os alunos de desconcentrem.

Na verdade, na verdade... o poder de bloquear sites está nas mãos dos poies - professores orientadores de informática educativa.



Vou explicar o procedimento, para quem quiser.



Ponto positivo: é fácil, e para aqueles que defendem o bloqueio em vez da proibição, não é preciso se preocupar com ficar horas no telefone ou fazer um memorando para solicitar o bloqueio.



Ponto negativo: é preciso fazer o procedimento em cada máquina.



1- Abra o internet explorer > Ferramentas > Opções de Internet



2- Clique em privacidade > Sites

3- No campo "endereço dos sites da web" escreva os sites que você deseja bloguear e tecle enter. Ex: www.orkut.com

4- Depois clique em ok e ok de novo. Pronto. Teoricamente o site está bloqueado.



---

Mas este bloqueio tende a não ser eficiente, já que um usuário mais experiente pode usar recursos do próprio google ou do site www.powerscrap.com para acessar o orkut. Então sugiro que se use o navegador Firefox.



1- Baixe o firefox 2: http://br.mozdev.org/



2- Caso não tenho senha de administrador Instale na pasta "Meus Documentos". (costuma ser aceito, mesmo sem a senha de administrador. A área protegida é o disco "C:/" Caso julgue este procedimento irregular, entre em contato com o administrador do sistema e solicite a instalação, já que este programa é gratuito).



3- Após instalar, instale também o complemento (plug in) chamado Blocksite. Ao clicar em ferramentas > complementos > mais extensões

Aparece um site onde se digita o plug in desejado. Ou, usando o próprio navegador firefox, clique em:

https://addons.mozilla.org/pt-BR/firefox/addon/3145



4 - Uma vez instalado, reinicie o firefox e vá em: ferramentas > complementos> clique Blocksite > clique em opções

5- clique em "add" e escreva os sites que você deseja bloquear. Ex: http://www.orkut.com

Se quiser você pode configurar uma senha (utilize uma palavra fácil, como "alunos")

O bloqueio é realmente eficiente. Com este programa também é possível bloquear o http://www.powerscrap.com (que lida com linguagem proxy e é realmente difícil de ser controlado)

---

Após tudo instalado e configurado, apague os ícones do Internet Explorer ("e" azul) da área de trabalho, e no menu iniciar (alguns ícones são bloqueados, mas não estes) ; e peça para os alunos usarem o firefox (a rapozinha de fogo). É preciso deixar o ícone já na área de trabalho.

Por que usar o Firefox?

É muito melhor que o "e" azul, permitindo uma navegação bem mais rápida através de abas. A aparência pode ser configurada (inclusive para ficar igual ao Internet Explorer 7 - instale o tema Myfirefox: https://addons.mozilla.org/pt-BR/firefox/addon/4129 )

E, é claro, tem os add ons ou plugns ou complementos, que ampliam bastante as funções do programa.

--

Para quem quiser, vou deixar uma versão já configurada e com uma série de atalhos e favoritos interessantes no setor de videos do blog da minha escola. Consultem:

http://radiograciosa.multiply.com/video/item/157/Use_o_Firefox_em_qualquer_lugar_inclusive_num_pen_drive

É um arquivo zip. Baixe no computador, clique com botão direito e extraia na pasta Meus Documentos. Depois entre na pasta, ache o arquivo "FirefoxPortable.exe", arraste para o menu iniciar e de lá, clique com o botão direito e crie icone na área de trabalho.

27 de abril de 2008

Algumas belas fotos tiradas no Congresso das Cidades Educadoras - AICE 2008


















Cidades Educadoras - video longo

26 de abril de 2008

Participamos do Congresso das Cidades Educadoras - AICE 2008 - no Anhembi


Congresso das Cidades Educadoras
Um dos maiores eventos sobre educação do mundo aconteceu no Anhembi dias 24, 25 e 26;Saiba mais em:

http://dnanet.dna.com.br/aice/site/default.asp


Nossa escola, emef Fernando Gracioso, participou dia 24 com um grupo de 26 alunos do educom / projeto Nas Ondas do Rádio.

Já há fotos e alguns podcasts em nosso blog. Em breve colocaremos videos e análises escritas.

http://radiograciosa.multiply.com

Possivelmente o próximo evento do qual a imprensa jovem do projeto Nas Ondas do Rádio irá participar é o Fórum Nossa São Paulo, dia 12 de maio.
Consultem o site deste projeto (que também merece críticas, mas sobretudo merece nossa atenção, pela forma comom está crescendo):

http://www.nossasaopaulo.org.br/

25 de abril de 2008

Aluna Jessica conversou com o secretário Schneider

Aluna Jessica, reporter do programa Nas Ondas do Rádio, conversou rapidamente com o secretário de educação Alexandre Schneider no Congresso das Cidades Educadoras, no Anhembi, dia 24 de abril de 2008.



ouça em:
http://radiograciosa.podomatic.com/entry/2008-04-25T17_33_37-07_00

Imprensa Jovem é Fernando Gracioso - Rádio Graciosa no Anhembi



Cidades Educadoras no Anhembi - veja as fotos em: http://radiograciosa.multiply.com/photos/album/55/Congresso_das_Cidades_Educadoras

Pela ordem: Rafael, Victor Hugo, Joane, professora Judite, Diego, Divino, poie Fábio, Emerson (com a filmadora), Marcos, Bruno, Wesley, Mainara, Sara (atrás), Adriana, Bruna, Suzy (atrás), Pedro, (na parte de baixo:) Thaina, Aline (atrás). Iara, Camila, Thais, Bruna Gabriely, Kaltyn, Viviane, Victor, Tiago e a poie Rosa (Candido Portinari)

No total, 26 alunos de 5a até 8a séries e 3 professores.

24 de abril de 2008

Folha Graciosa - rascunho para número 0,5 (meio)

Informativo da escola EMEF Fernando Gracioso – bairro Perus – São Paulo / SP – Brasil

Folha Graciosa

Ano 1, número 0,5 (meio)- segunda edição teste. 24 de abril de 2008. Tiragem: 1.000 folhas

http://radiograciosa.multiply.com

Editorial


Parece estranho uma segunda edição numerada como “1/2”, mas isto é porque a intenção deste jornalzinho é ser um espaço democrático, criado por alunos e professores de nossa escola; neste sentido, esta edição é apenas um meio para a verdadeira obra, uma provocação.

Aproveitamos esta edição para divulgarmos nossas atividades no evento Congresso das Cidades Educadoras, que ocorre no Anhembi dias 24, 25 e 26 de abril de 2008.


AICE 2008


O X Congresso Internacional de Cidades Educadoras, com o tema Construção de Cidadania em Cidades Multiculturais, contará com a apresentação de mais de cem experiências educadoras provenientes de 13 países: Espanha, França, Itália, Argentina, Chile, Finlândia, Portugal, Alemanha, Uruguai, México, Colômbia, Coréia do Sul e Brasil.

Realizado pela primeira vez em uma cidade da América Latina, o X Congresso Internacional de Cidades Educadoras é uma iniciativa da Associação Internacional de Cidades Educadoras (AICE). O movimento das cidades educadoras prevê o trabalho conjunto de todas as associadas visando transformar os espaços das cidades em espaços em que todos os seus habitantes possam aprender, ao logo de toda a vida, trabalhando conjuntamente para que a cidade seja toda um espaço que proporcione aprendizado, para além das salas de aula.


Cobertura Jornalística

O Projeto Nas Ondas do Rádio, da prefeitura de São Paulo, que utiliza a educomunicação (rádio, internet, jornal) para a aprendizagem, foi selecionado para realizar a cobertura jornalística do evento. Um grupo de jovens de nossa escola Fernando Gracioso (foto do patrono acima) realizará a cobertura neste dia 24 de abril, documentando, entrevistando e fazendo a programação musical.

Dia 25 será a vez das escolas EMEF HAROLDO VELOSO e EMEF JOSÉ QUIRINO, e dia 26 EMEF PROFESSOR NELSON PIMENTEL QUEIROZ.

Saiba mais sobre este e outros eventos consultando o blog:

gerenciado pelo professor Carlos Mendes Lima, coordenador do programa Nas Ondas do Rádio.


Mídia


Todo material produzido pelos alunos de nossa escola, videos, áudios e comentários por escrito, será publicado em nosso blog, ver endereço no cabeçalho.

As entrevistas também serão publicadas em nosso blog de podcast:

http://radiograciosa.podomatic.com .

Mantenham contato

maintain contact


Carlos Mendes Lima,

e-mail: bettomendespop@gmail.com

(coordenador do projeto Nas Ondas do Rádio)


Fábio Rogério Nepomuceno, e-mail: ekalafabio@gmail.com

(responsável pelos alunos educomunicadores da Rádio Graciosa de Perus da escola Fernando Gracioso)


Escola Fernando Gracioso

Rua Silveirania, s/n – Perus cep: 05211-060

T: 55 (11) 3917-2030 e-mail: emeffgracioso@gmail.com







23 de abril de 2008

Fabio Ekalafabio convida você a ser seu amigo no Sonico

Fabio
Fabio Ekalafabio
convida você a ser seu amigo no Sonico
Você já é amigo da/o Fabio?
confirmar amizade Sonico
Se você não quer receber mais emails do Sonico, por favor clique no seguinte link http://www.sonico.com/unsuscribe.php -2202 S. Figueroa St #711, Los Angeles, CA 90007

21 de abril de 2008

Armitage II Poly Matrrix - anime estilo Blade Runner



Armitage III Poly Matrix

Armitage III Poly Matrix

MP4, PRECISA DOS CODECS H264 E AAC

Fansub: #Kaminari

Servidor: RapidShare / ifile
Uploader/Encoder: MagmaDiver
Tamanho/Duração: 240mb/1h30min

Link Mirror 1:PARTE1 | PARTE2 | PARTE3 | PARTE4
Link Mirror 2:
PARTE1 | PARTE2 | PARTE3 | PARTE4


20 de abril de 2008

Cidades Educadoras - dias 24, 25 e 26 em São Paulo

.

Síntese da carta das cidades educadoras

- Todos os habitantes têm o direito de gozar, em condições de liberdade e igualdade, dos meios e oportunidades de formação, lazer e desenvolvimento pessoal que a própria cidade oferece;

- a municipalidade deverá estimular a inovação, mantendo-se informada sobre o desenvolvimento em educação nos centros educacionais oficiais, assim como das iniciativas de educação nãoformal;

- a municipalidade avaliará o impacto das propostas culturais, recreativas, informativas, publicitárias ou de outro tipo que crianças e jovens recebem sem qualquer mediação;

- a cidade providenciará que os pais recebam formação que lhes permita ajudar os filhos a crescer e fazer uso da cidade em um espírito de mútuo respeito. Neste mesmo sentido desenvolverá projetos para educadores em geral e forças de defesa e proteção civil que dependem diretamente do município;

- a transformação e o crescimento de uma cidade deverão estar determinados pela harmonia entre as novas necessidades e a preservação de construções e símbolos de seu passado;

- todos os habitantes têm o direito de participar na elaboração de programas educativos. Serão oferecidos os instrumentos necessários para descobrir um projeto educacional na estrutura e administração da cidade, nas festas que organize e nas campanhas que planeje.

copio notícia de: http://www.sinpro-rs.org.br/extra/nov_99/educacao_2.htm


Eu educo, tu educas...


P

Projeto das cidades educadoras ganha o Brasil e quer transformar cada cidadão em professor

Dóris Fialcoff

Educação. Quão abrangente é, na verdade, esse conceito? Seja lá o que você pensou, não há risco em afirmar que é bem mais do que isso.

Apesar do consenso de que a família e a escola são os pontos de partida na formação dos indivíduos, o comum é que à medida em que a criança vai crescendo a grande responsável por sua educação acabe mesmo sendo alguma instituição de ensino formal. Mas, se depender de um grupo que está se espalhando pelo mundo desde o início desta década, isso vai mudar. É o movimento Cidades Educadoras, surgido em 1990, na Espanha.

A idéia já chegou por aqui e a rede brasileira de cidades educadoras terá sede em Porto Alegre. Por isso, no início de outubro, cerca de 300 pessoas de várias regiões do Brasil e de outros países estiveram reunidos no 1º Encontro Brasileiro de Cidades Educadoras. Na reunião falou-se sobre democratização social, planejamento sócio-econômico das cidades, promoção dos direitos humanos, educação permanente na escola e nos espaços urbanos, desenvolvimento sustentável e ações culturais que atendam à população.

Pilar Figueras, coordenadora da Associação Internacional de Cidades Educadoras (AICE), informa que para integrar a entidade - e, portanto, receber o título de cidade educadora - as prefeituras devem assinar a Carta das Cidades Educadoras, se comprometendo com os 20 princípios básicos contidos no documento (veja quadro abaixo).

Jaume Colomer, professor da Universidade de Barcelona e assessor da AICE, não tem dúvidas que as cidades do futuro serão, necessariamente e por vocação, “cidades educadoras”. Para ele, a negação disso as converteria em cidades suicidas, condenadas à atrofia.

Colomer explica sua tese dizendo que as sociedades estão diante de um novo Renascimento urbano, a exemplo do movimento europeu que marcou a transição do período medieval. “Isso não é uma idéia irrealizável, mas um desafio para desenvolver um novo comunitarismo e novas formas solidárias de vida comum em oposição ao individualismo”, diz.

O professor lembra que as cidades livres do Renascimento surgiram como rebelião contra o modelo unitário de sociedade. “A cidade são as pessoas físicas que compartilham um território e uma cultura urbana, as construções e demais elementos da paisagem urbana, as idéias e conceitos, os valores e símbolos, a memória e o projeto de futuro que estamos construindo”, teoriza.

A prova de que não fazemos idéia da complexidade e abrangência do conceito educação é que quase não pensamos no potencial educativo dos municípios. Colomer chama a atenção para o fato de que esse potencial - a que denomina educatividade - não depende só de sua configuração estrutural (tamanho, organização espacial, sistemas de comunicação etc), mas também da disposição dos cidadãos à interação. Portanto, o primeiro passo é que os municípios invistam nos principais agentes da sua educação, que não são ninguém mais que a sua própria gente.

SAIBA MAIS:
http://www.aice2008sp.com.br/pot.html

e ouça o podcast do professor Carlos, do projeto Nas Ondas do Rádio

Click here to get your own player.

Reblogado: Noel Rosa é nosso

fonte: http://www.overmundo.com.br/overblog/noel-rosa-e-nosso


Noel por Noel


Em 1937, o Brasil perdia o compositor que se revelaria um dos mais influentes e representativos da música popular brasileira: Noel Rosa. Apesar de ter falecido jovem – aos 26 anos de idade – Noel Rosa deixou um acervo de mais de 200 obras, incluindo clássicos como: Com que Roupa?, de 1929; Gago Apaixonado, de 1930; Fita Amarela, de 1932; Três Apitos, de 1933; Dama do Cabaré, de 1934; e O X do Problema, de 1936; dentre várias outras canções.

Passados setenta anos da morte do compositor, a cultura brasileira recebe um enorme presente: as obras de Noel Rosa acabam de cair em domínio público. Essa é a regra do direito autoral: proteger as criações por um período determinado de tempo (no Brasil, por toda a vida do criador e mais 70 anos após a sua morte). Transcorrido esse prazo, a obra passa a fazer parte do chamado “domínio público”. A partir de então ela se torna parte do patrimônio coletivo e qualquer pessoa pode utilizá-la. Assim, a partir de 2008, a obra de Noel Rosa passa a ser acessível por todos os brasileiros, que poderão resgatá-la, regravá-la, executá-la, bem como fazer outros usos sintonizados com os tempos atuais (como a remixagem e o sampling).

As criações intelectuais, como a música, são elementos centrais da cultura de um povo. E esta é a finalidade do domínio público: permitir o estímulo à criatividade, aos novos artistas, para que a formação da cultura seja não um discurso, mas uma conversa que transcenda o tempo e o espaço e não acabe nunca. Assim, qualquer país precisa proteger e zelar por seu domínio público. Basta conversar com qualquer artista para constatar que a criação de uma obra é um processo que depende do acesso a outras obras. Ninguém cria a partir do nada. Quanto maior o contato com nossa cultura, maior nossa fonte de inspiração e maior nossa capacidade de produzir mais cultura. Com as obras de um artista como Noel Rosa tornando-se patrimônio coletivo, sua música tem a oportunidade singular de semear inspiração por toda uma nova geração de brasileiros.

Para que o diálogo entre a obra de Noel Rosa e as novas gerações se faça o mais rico possível, é preciso estimular o uso criativo das obras em sintonia com os tempos da Internet e da tecnologia digital. Fenômenos como a “cultura remix” estão na ordem do dia. As barreiras entre "consumo" e a "produção" de cultura estão sendo abaladas a cada dia. O acesso a recursos criativos, que permitem a qualquer pessoa participar ativamente da esfera de formação da cultura, faz-se cada vez mais presente. O resultado disso são fenômenos que se expressam em práticas como os remixes, mash-ups, syncs, samples, colagens, que nada mais são do que a aceleração de uma prática que é tão corriqueira e antiga quanto a própria cultura: a mistura de pontos de vista e influências, que está na base de toda nova criação.

Essa verdadeira “cultura da mistura” tem mostrado como a disponibilidade de obras no domínio público aliadas à facilidade de criação e recriação trazida pelas novas tecnologias se traduz não só em maior produção, mas também reinvenção. As relações entre o maracatu tradicional e o rock no Recife estão aí para mostrar como ambos se beneficiaram da mistura. Com as obras de Noel Rosa em domínio público, abre-se o caminho não só para a permanente revitalização de sua música, mas também para uma explosão de usos criativos das suas canções.

Quem chegou, quem chegou

Mas uma questão importante faz-se então. Quais seriam as obras que estariam em domínio público, já que o gênio inquieto de Noel Rosa compôs vários de seus clássicos em parcerias?.

Este mapeamento é necessário porque nem todo o acervo do autor caiu em domínio público: a lei de direitos autorais estabelece que, para as obras produzidas em co-autoria, o prazo de proteção é contado a partir do falecimento do último dos co-autores. Assim, somente as obras de autoria exclusiva de Noel Rosa, ou aquelas produzidas com compositores que faleceram antes ou no mesmo ano em que ele, caíram em domínio público no ano de 2008. Para isso, o Centro de Tecnologia e Sociedade da Escola de Direito da FGV realizou um mapeamento das canções que caem em 2008 em domínio público. Você encontra a lista logo abaixo.

Este é somente o primeiro passo de um projeto maior que será desenvolvido pelo CTS/FGV visando estimular o uso e reuso criativo das obras de Noel Rosa. Fique atento aos sites www.culturalivre.org.br e www.overmixter.com.br para mais novidades.

Musicografia/Discografia de Noel Rosa
(composições exclusivas que entraram em domínio público em 2 de janeiro de 2008)

1) Agora
2) Alô Beleza
3) Amor de Parceria
4) Arranjei um fraseado
5) Ate amanha
6) Baianinha
7) Brincadeira de roda
8) Canção do galo capão
9) Cansei de implorar
10) Cansei de pedir
11) Capricho de rapaz solteiro
12) Choro
13) Chuva de vento
14) Cidade mulher
15) Coisas do sertão
16) Condeno o teu nervoso
17) Com que roupa?
18) Contraste
19) Cor de cinza
20) Coração
21) Cordiais saudações
22) Cumprindo a promessa
23) Dama do cabaré
24) Disse-me-disse
25) Dona Aracy
26) Dono do meu nariz
27) É difícil saber fingir
28) É preciso discutir
29) Envio essas mal traçadas
30) Espera mais um ano*
31) Estamos esperando
32) Eu não preciso mais do seu amor
33) Eu sei sofrer
34) Eu vou pra vila
35) Faz três semanas
36) Festa no céu
37) Fita amarela
38) Fita de cinema
39) Foi ele
40) Gago apaixonado
41) A Genoveva não sabe o que diz
42) João-ninguém
43) Juju
44) Lira abandonada
45) Madame honesta
46) O maior castigo que eu te dou
47) Malandro medroso
48) Marcha da primavera
49) Mardade de cabocla
50) Maria-fumaça
51) Mentir
52) Mentiras de mulher
53) Meu barracão
54) Meu bem
55) Minha viola
56) Muito riso, pouco siso
57) Mulata fuzarqueira
58) Mulato bamba
59) Mulher indigesta
60) Não brinca não
61) Não me deixam comer
62) Não morre tão cedo
63) Não tem tradução
64) Negocio de turco
65) No baile da flor-de-lis
66) Nos três dias de folia
67) Numa noite à beira-mar
68) Nunca... jamais
69) Nuvem que passou
70) Onde está a honestidade
71) Paga-me esta noite
72) Palpite infeliz
73) Para atender a pedido
74) Pela décima vez
75) Pesado 13
76) Picilone
77) Por causa da hora
78) Por esta vez passa
79) Por você sou capaz
80) Pra esquecer
81) Pra lá da cidade
82) Precaução inutil
83) Proezas de seu fulano
84) O pulo da hora
85) Quando o samba acabou
86) Quando pelas aulas ando
87) Que a terra se abra
88) Quem dá mais?
89) Quem não dança
90) Quem parte não parte sorrindo
91) Quem ri melhor
92) Rapaz folgado
93) Remorso
94) Riso de criança
95) Roubou, mas não leva
96) Saí da tua alcova
97) Saí do presídio
98) São coisas nossas
99) Século do progresso
100) Seja breve
101) Seu jacinto
102) Seu José
103) Silêncio de um minuto
104) Só você
105) Tipo zero
106) Três apitos
107) Tudo que você diz
108) Ultimo desejo
109) Vagolino de cassino
110) Vaidosa
111) Verdade duvidosa
112) Vingança de malandro
113) Você é um colosso
114) Você vai se quiser
115) Voltaste (pro subúrbio)
116) Vou te ripar I
117) Vou te ripar II
118) O x do problema
119) Yolanda
120) Samba anatômico

E viva Noel sempre vivo!

--

p.s. por ekalafabio: Pretendo usar estas músicas no evento Cidades Educadoras, dia 24 de abril de 2008 no Anhembi. Já estou baixando pelo e-mule.

Mapa Astral

Mas o Fábio acredita em astrologia? É claro que não. Duvido até de deus... No entanto sempre leio tudo sobre estes assuntos misticos ou religiosos. Por dica da comunidades Teoria da Conspiração - S&H fiz dois mapas astrais pela internet. Achei curioso o quanto eles parecem acertar sobre mim (obviamente um texto bem respaldado em psicologia social ou algo assim), mas erra sobre o gosto por "viagens"... Já viajei muito, mas não sou fã não.

copio de:
http://www.cigano.net/astrologia/astrologiabrasil1.asp

Astrologia - Mapa Astral Grátis para os nascidos no Brasil.
- Este é um Mapa Astrológico Interpretado por computador e não possui a pretensão de ser conclusivo.
- Os cálculos apresentados são exatos para os dados informados.
- Não estão interpretados os Planetas nas Casas nem o Ascendente e o Meio do Céu.
- Apenas um bom Astrólogo numa consulta pessoal pode fornecer indicações completas.

Equipe do cigano.net

- Mapa Astral para Fabio Rogerio
- Nascido em São Paulo às 07:00 do dia 05/04/1976
- Longitude: 46W35 Latitude: 23S33 Fuso: 3
- Não foi informado Horário de Verão
- Verifique se seus dados estão corretos antes de ler seu Mapa Astral Interpretado
Planeta Longitude Em que signo?



Sol
15 ARI 45

Aries
Lua
18 GEM 01

Gêmeos
Mercurio
19 ARI 42

Aries
Venus
26 PEI 22

Peixes
Marte
08 CAN 19

Cancer
Jupiter
02 TAU 19

Touro
Saturno
26 CAN 06

Cancer
Urano
05 ESC 55

Escorpião
Netuno
13 SAG 51

Sagitário
Plutao
10 LIB 12

Libra
Quiron
26 ARI 53

Aries
Nodo Lunar
12 ESC 44

Escorpião
Ascendente
24 ARI 50

Aries
Meio Ceu
25 CAP 17

Capricórnio
Vertex
11 CAP 58

Capricórnio
Capítulo 1 - DESCRIÇÃO GERAL
Você é pessoa muito ativa, independente e autoconfiante. Tem iniciativa, espirito pioneiro, capacidade de mando, e entrega-se com verdadeira paixão aos seus empreendimentos. Muitas vezes tende para o exagero e a violência e não termina o que começou.

Capítulo 2 - TEMPERAMENTO E EMOTIVIDADE
Por temperamento você é pessoa ativa, curiosa, esperta, engraçada, mas irresoluta. Prefere racionalizar suas emoções do que deixar envolver-se emocionalmente, mas adora comunicar-se com os outros. Gosta de mudar e de viajar.

Capítulo 3 - MENTE E COMUNICAÇÃO
Você possui mente ágil, determinada, competitiva e combativa, porem, dada ao exagero. Em vista disso, costuma tomar decisões de forma impulsiva, o que, muitas vezes lhe obriga a rever sua opinião. Contudo, geralmente tem boas idéias e é capaz de pensar com rapidez.

Capítulo 4 - SENSIBILIDADE E AFETOS
Sua sensibilidade romântica e idealista só admite o casamento por amôr. Como você hesita em mostrar seus sentimentos com mêdo de ser rejeitado, tende a perder algumas oportunidades. Quando não sente o afeto dos outros, fica logo desapontado.

Capítulo 5 - ATIVIDADE E CONQUISTA
Sua atividade é tenaz, mas flutua muito de intensidade devido a oscilação de seus estados emocionais. Você gosta muito da segurança proporcionada pelo dinheiro, mas não de ter que competir. Sente-se impelido a proteger as pessoas que gosta.

Capítulo 6 - SENTIMENTO E ÊXITO
Você tem êxito na área administrativa e dos negócios. Gosta de planejar e de projetar. Você prevê antecipadamente o curso a seguir e, então, tenta alcançar suas metas vagarosa e cuidadosamente, ajustando seus planos de acordo com as necessidades.

Capítulo 7 - ESFORÇOS E LIMITAÇÕES
Você é pessoa muito sensível e facilmente se sente magoada quando alguém não simpatiza integralmente com você. Reage mais as motivações, emoções, atitudes e sinceridade dos outros do que a seu comportamento aparente e suas palavras.

Capítulo 8 - ORIGINALIDADE E INDEPENDÊNCIA
Sua maneira intensa, dinâmica, original e fascinante de abordar pessoas e assuntos e sua grande disposição de experimentar em matéria de sexo, exerce grande poder de atracão sobre as pessoas do sexo oposto. Gosta de investigar tudo o que esta oculto.

Capítulo 9 - IMAGINAÇÃO E PSIQUISMO
Sua natureza psíquica anseia por padrões religiosos e filosóficos mais elevados. Em vista disto, você apoia a revisão das leis em vigor, busca um sentido mais profundo para a vida, interessa-se pelos poderes da mente e gosta de fazer extensas viagens.

Capítulo 10 - TRANSFORMAÇÃO E DESTINO
Você é altamente adaptável, ama a beleza, gosta da vida social e dá grande valor ao relacionamento harmonioso. Tem acentuado senso de justiça e forte instinto social. Contudo, costuma ser inconstante em suas próprias relações sociais.

Os pontos mais relevantes de seu Mapa Astral
- Você tem facilidade de compreender a psicologia dos outros. Aprecia as pessoas de diferentes raças e classes e gosta de experimentar as diferentes maneiras de viver. Você faz as pessoas se sentirem a vontade e elas gostam de lhe escutar.


- Sua excessiva generosidade combinada com a sua natureza superemotiva causam-lhe numerosos desapontamentos sociais e prejuízos financeiros. Você também é bastante parcial, imprudente, inconstante e tende a viajar e a comer em demasia. Um pouco de equilíbrio poderia resolver muitos problemas e dar outra direção a sua vida.


- Sua mente é clara e penetrante, capaz de executar tarefas intelectuais com precisão. Gosta de aprender e assim suas faculdades mentais tendem a aperfeiçoar-se durante a vida. Consegue expressar-se clara e diretamente, sem agressividade.


- Seu dinamismo torna difícil aos outros lhe acompanharem. As vezes sente-se possuído por uma grande forca e zelo. Consegue resistir a pressão dos negócios rápidos e cansativos.Tem boas condições físicas e é original e inventivo no trabalho.


- Você é extremamente corajoso e tende fortemente a querer resolver seus conflitos ou remover os obstáculos mediante o emprego da forca. Nas relações sexuais também costuma comportar- se agressivamente. Um pouco de equilíbrio lhe faria muito bem.


copio de:
http://horoscopo-astral.com/astro/

Nepomuceno Sexo H
São Paulo 103 Brasil 05/04/1976 07:00 - Dia Juliano 2442873.92
Ajuste 3.00 HS 19.49 Lat -23.33 Long 46.38
Zodiaco 0.00
Placidus Órbitas:0
SolÁries15.45
AscendenteÁries24.48
LuaGêmeos18.01
IITouro23.57
MercurioÁries19.42
IIIGêmeos24.09
VenusPeixes26.22
IVCâncer25.15
MarteCâncer 8.19
VLeão26.49
JúpiterTouro 2.20
VIVirgem27.17
SaturnoCâncer26.05
VIILibra24.48
UranoEscorpião 5.56 R
VIIIEscorpião23.57
NetunoSagitario13.52 R
IXSagitario24.09
PlutãoLibra10.13 R
MeioCeuCapricornio25.15
LilithÁries17.22
XIAquario26.49
Nodo NEscorpião12.53
XIIPeixes27.17

Natal

Sol em Carneiro (Este é o seu Signo de nascimento)
Ele possui uma personalidade forte e um espírito empreendedor. É ambicioso e tem força de vontade, é teimoso, obstinado e tenaz. É uma pessoa virada para o futuro.
Pontos fracos: Agitação, impulsividade, esbanjamento, provocação, acção, flutuação.

Sol na 12ªcasa
Destino de separação precoce da família. O seu êxito profissional acontecerá quando tiver uma ocupação isolada. Actividade de bastidores: trabalhos de laboratório, pesquisa científica, polícia, informação, hospitais.

270 SXT Sol - Lua
Aspecto positivo: Ele tem muita vitalidade. Gosta da vida pública, é popular e a sua companhia é apreciada. É equilibrado, de bem consigo próprio, entende-se bem com os pais.

566 CON Sol - Mercúrio
Aspecto positivo: Ele é inteligente e sabe o que quer. É um bom organizador. Gosta do movimento, das viagens. Aprecia a literatura.

119 TRI Sol - Neptuno
Aspecto positivo: Ele tem uma imaginação fecunda, inspiração e grandes emoções que poderá explorar na área profissional. Gosta das artes e da beleza.

-110 OPO Sol - Plutão
Aspecto negativo: Aborrecimentos e reveses da fortuna. É uma pessoa presunçosa.

50 CON Sol - Ascendente
Aspecto positivo: A sua análise é boa. Conseguirá vencer na vida graças à sua força de vontade e à sua vitalidade.

Lua em Gémeos
O seu espírito é vivo. Faculdades intelectuais favorecidas. Ele gosta da literatura, adapta-se a todas as situações e a todos os grupos sociais. Trabalha bem em contacto com o público, na escrita ou no que diz respeito a viagens.
Pontos fracos: Falta de persistência nas suas ideias, reviramento de decisão, retracção. Humor variável, carácter inquieto e instável.

Lua na 2ªcasa
Bastante engenhosidade e imaginação para ganhar dinheiro. Deslocar-se-á, viajará. Flutuações nas entradas de dinheiro. Sentido da poupança.

225 SXT Lua - Mercúrio
Aspecto positivo: Ele tem uma boa análise e uma boa memória. É inteligente e tem muita imaginação. É uma pessoa com muita vivacidade, vivacidade essa que o vai obrigar a evoluir até ao fim da sua vida.
Fala com muita facilidade assim como tem muita facilidade para aprender línguas.

-118 OPO Lua - Neptuno
Aspecto negativo: Ele tem falta de firmeza. É uma pessoa fraca e preguiçosa. Gosta de viver com os seus sonhos, no seu mundo imaginário.

Mercúrio em Carneiro
Ele raciocina, discursa, defende, responde. O seu espírito é vivo e analisa rapidamente uma situação. Tem muita destreza e habilidade. Acredita que a primeira opinião é geralmente a melhor. Gosto da discussão e das hipóteses ousadas.
Pontos fracos: É impetuoso, fogoso, petulante. Impaciente e expedito, daí vêm alguns problemas, que são causados pela falta de reflexão antes da acção. Espírito de contradição, gosta de ser do contra.

Mercúrio na 12ªcasa
Ele tem dificuldades para se exprimir, sobretudo durante a infância: adolescência doentia: inimizades vindas do meio próximo. Não é uma pessoa faladora. Não gosta de falar só pelo prazer de falar. Trabalha em lugares isolados e calmos.
É discreto, e filósofo. Tendência para a especialização intelectual: atracção pelo misticismo ou assuntos fora do comum.

157 CON Mercúrio - Ascendente
Aspecto positivo: Ele é inteligente, perspicaz e de reflexão rápida. Preocupa-se com as pessoas que lhe estão próximas. Gosta de trocar ideias com os seus amigos, mas também com desconhecidos.
Tem um espírito muito aberto o que o torna muito receptivo aos outros.

Vénus em Peixes
Muito sentimental, emociona-se facilmente. É melancólico, romanesco, embora com certa moleza de sentimentos. Quando ama é com o amor mais generoso que existe. Tem um grande espírito de sacrifício e muita dedicação.
Pontos fracos: Amores aleatórios, nebulosos, afeições insensatas. Pouca clareza nos sentimentos e grande influenciabilidade.

Vénus na 11ªcasa
Associação entre o amor e a amizade: boa integração no grupo. O seu êxito profissional será devido, em grande parte, às suas boas relações, amigos ou protectores. Encontrará o amor no seu círculo de amigos. Amizade de artistas e de pessoas do sexo feminino.

97 TRI Vénus - Saturno
Aspecto positivo: Ele tem um grande sentido da realidade e do dever. É uma pessoa poupada, reservada, não se exterioriza. Gosta da verdade e da justiça. No amor, os seus sentimentos são sinceros e profundos. Nunca brinca com os sentimentos.
Claro, que é uma pessoa fiel no amor e amizade. Poderá amar uma pessoa muito mais velha, na qual apreciará a inteligência e o bom senso.

Marte em Caranguejo
É alguém que trabalha afincadamente para o bem estar da família. Toda a sua agressividade é aproveitada para melhorar as condições de vida da sua família, que ocupa o primeiro lugar nas suas preocupações. Raramente se irrita e raramente grita.
Controla-se perfeitamente. No entanto, se alguém, nem que seja um membro da sua família, vai longe demais, então a sua ira será terrível justamente por ser tão rara.
Pontos fracos: Discussões com o cônjuge, problemas de disciplina com os filhos, ou mudanças de residência, nem sempre vantajosas. Inconstância na energia e fineza diplomática.

Marte na 3ªcasa
Espírito vivo, vigilante, engenhoso, mas sarcástico, crítico, provocador. Gosta de discutir. Exprime-se com facilidade e faz o que quer: o êxito está no fim do caminho. É hábil, e de execução rápida. Rivalidade com irmãos: querelas com os próximos.
Acidentes em deslocações. Utiliza demasiadamente energia na vida quotidiana.

Júpiter em Touro
Ele gosta de todas as boas coisas da vida e sabe aproveitá-las. Gosta de bons cozinhados e de bom vinho, é talvez, um pouco guloso demais. Ele dirige bem as suas empresas, os seus negócios.
Pontos fracos: Ele vive um pouco obcecado com a ideia de aumentar o seu património e ampliar os seus negócios. Tem demasiado desejo de possessão e de poder.

Júpiter na 1ºcasa
Ele é jovial, expansivo, dinâmico, benévolo, altruísta. Tem uma apreciação justa. É tolerante, guloso. Tem uma boa educação e uma vida próspera.

-96 OPO Júpiter - Urano
Aspecto negativo: Ele é muito independente e a sua liberdade passa antes de tudo. Tem falta de diplomacia e choca com a sua extravagância. Gosta de combater com palavras e vai buscar ideias extremistas para irritar as suas relações.
Sofre numerosas tensões interiores.

49 CON Júpiter - Ascendente
Aspecto positivo: Ele gosta de reunir-se com os amigos, à volta de uma boa mesa e num ambiente agradável. É uma pessoa alegre, simpática, agradável.

Saturno em Caranguejo
Investimento maior na realidade interior do que no mundo exterior. Ele economiza para comprar bens imóveis.
Pontos fracos: Melancolia e solidão. Solidão voluntária pois tem tendência para se deixar ficar em casa, no sossego.

Saturno na 4ªcasa
Ele tem necessidade de dominar. Tem o sentido da organização e assume as suas responsabilidades. Atingirá os seus objectivos, embora a ascensão seja um pouco lenta e cheia de obstáculos. É perseverante e paciente.
Provações familiares: dificuldades nas relações com os pais. Fixa-se definitivamente num lugar (terra ou casa).

Urano em Escorpião
Inteligente e subtil. Paixão pela pesquisa, pelo questionamento, pelas investigações. Bastante sensualidade.

Urano na 7ªcasa
A sua independência suporta mal a união. Se por acaso se casar, tem poucas probabilidades de acabar os seus dias com a mesma pessoa, a menos que esta lhe deixe toda a sua liberdade e suporte a sua infidelidade.

Neptuno em Sagitário
Gosta de longas viagens, do estrangeiro, da água.

Neptuno na 8ªcasa
Situação financeira confusa. O casamento poderá resolver-lhe alguns problemas financeiros. Problemas relacionados com a sensualidade ou o misticismo.

Plutão em Balança
Traz mudanças.

Ascendente em Carneiro
Sucesso social graças aos seus dons naturais. Excelente vida escolar.

Casa II em Touro
O sucesso social será adquirido graças a um trabalho, muitas vezes, laborioso, longo, precisando de muita paciência.

Casa III em Gémeos
Ele adapta-se a qualquer mudança com entusiasmo. Não gosta de monotonia. O seu trabalho exigirá deslocações constantes.

Casa IV em Caranguejo
Gosta da vida em família. Os filhos são o que há de mais importante no mundo. Ele tem uma natureza calma, afectuosa, delicada e meiga.

Casa V em Leão
Só poderá amar uma pessoa honesta, íntegra e inteligente. Gosta de admirar a sua companheira. Amor sincero, estável, fiel. Terá uma educação requintada.

Casa VI em Virgem
As profissões médicas e paramédicas são as que mais lhe convêm.
Pontos sensíveis: os nervos e os intestinos.

Casa VII em Balança
Casamento de amor com uma pessoa de condição superior que lhe trará o luxo e o requinte desejados.

Casa VIII em Escorpião
Muita vivacidade e precipitação põem a vida muitas vezes em risco. Lembre-se que a próxima vez pode ser a última e não se arrisque gratuitamente.

Casa IX em Sagitário
Longas viagens ao estrangeiro. Possibilidades de se instalar definitivamente num país estrangeiro. Trabalhos intelectuais, espírito matemático.

Casa X em Capricórnio
Pessoa de bastante confiança profissionalmente. Pessoa respeitável, irrepreensível no seu trabalho, na sua moralidade, escrupulosa e merecedora.

Casa XI em Aquário
Gosta de refazer o mundo com os seus amigos. As discussões podem durar toda a noite. Uma vez refeito o mundo ideal, pode ir para casa deitar-se.

Casa XII em Peixes
Contrariedades, tormentos e inquietações.


Criado por Frank Burns
Criação para a Internet

18 de abril de 2008

O Motor e o eixo

É preciso não ser o motor. Esta reflexão que fiz há tempos, e vale sobretudo para a instituição escola, continua a me ser certeza hoje.

O motor pode ser forte para mover o mundo, mas o mundo gira muito melhor sozinho. Qualquer sistema que dependa de um motor, ainda que apenas para "acelerar", é muito frágil. Se o motor for embora ou falhar tudo pode ficar ainda pior do que era.

Penso agora que a melhor metáfora é o eixo. Esqueçam o valor depreciativo dado pelos nazis, nosso eixo serve para a construção e a articulação. Nosso eixo não tem um único centro. É um eixo moderno. Uma rede.

Mas toda rede possui seus pontos de distribuição, troca, inter-conexão. Busquemos isso.

Alguns poucos indivíduos podem fazer diferença, cito como exemplo na Prefeitura de São Paulo os POIES das Salas de Informática e os EDUCOMUNICADORES ligados ao programa "Nas Ondas do Rádio" de rádio escolar. Com o conhecimento e a capacidade de agregar destes profissionais; com o poder de motivação destas máquinas internet, computador, rádio camera, gravador... Com o novo espaço, fora ou dentro da escola, no pátio, na rua, em passeios de ônibus para todo canto ou on line no mundo inteiro.

É realmente possível abrir novos caminhos, caminhando com novas aprendizagens, com certeza com mais eficiência. Não é uma fórmula de milagre, mas acredito nisto. Não é preciso sacrifício, mas apenas dedicação de todos e certa habilidade de alguns em "articular" e "mover projetos" . O próprio mundo escola girando em seu eixo sem precisar de motor.


poie Fábio

DIA NACIONAL DO LIVRO INFANTIL

18 DE ABRIL

DIA NACIONAL DO LIVRO INFANTIL

MONTEIRO LOBATO


"Um país se faz com homens e livros"
(Monteiro Lobato)

José Bento Monteiro Lobato nasceu em 18 de abril de 1882, em Taubaté, no Vale do Paraíba. Estreou no mundo das Letras com pequenos contos para os jornais estudantis dos colégios Kennedy e Paulista.

No curso de Direito da Faculdade do Largo São Francisco, em São Paulo, dividiu-se entre suas principais paixões: escrever e desenhar. Colaborou em publicações dos alunos, vencendo um concurso literário, promovido em 1904 pelo Centro Acadêmico XI de Agosto.

Morou na república do Minarete, liderou o grupo de colegas que formou o Cenáculo e mandou artigos para um jornalzinho de Pindamonhangaba, que tinha como título o mesmo nome daquela moradia de estudantes.

Nessa fase de sua formação, Lobato realizou as leituras básicas e entrou em contato com a obra do filósofo alemão Nietzsche, cujo pensamento o guiaria vida afora.

Viveu um tempo como fazendeiro, foi editor de sucesso, mas foi como escritor infantil que Lobato despertou para o mundo em 1917.

Escreveu, nesse período, sua primeira história infantil, "A menina do Narizinho Arrebitado". Com capa e desenhos de Voltolino, famoso ilustrador da época, o livrinho, lançado no natal de 1920, fez o maior sucesso. Dali nasceram outros episódios, tendo sempre como personagens Dona Benta, Pedrinho, Narizinho, Tia Anastácia e, é claro, Emília, a boneca mais esperta do planeta.

Insatisfeito com as traduções de livros europeus para crianças, ele criou aventuras com figuras bem brasileiras, recuperando costumes da roça e lendas do folclore nacional. E fez mais: misturou todos eles com elementos da literatura universal, da mitologia grega, dos quadrinhos e do cinema.

No Sítio do Picapau Amarelo, Peter Pan brinca com o Gato Félix, enquanto o Saci ensina truques a Chapeuzinho Vermelho no país das maravilhas de Alice. Mas Monteiro Lobato também fez questão de transmitir conhecimento e idéias em livros que falam de história, geografia e matemática, tornando-se pioneiro na literatura paradidática - aquela em que se aprende brincando.

Trabalhando a todo vapor, Lobato teve que enfrentar uma série de obstáculos. Primeiro, foi a Revolução dos Tenentes que, em julho de 1924, paralisou as atividades da sua empresa durante dois meses, causando grande prejuízo. Seguiu-se uma inesperada seca, obrigando a um corte no fornecimento de energia. O maquinário gráfico só podia funcionar dois dias por semana.

E, numa brusca mudança na política econômica, Arthur Bernardes desvalorizou a moeda e suspendeu o redesconto de títulos pelo Banco do Brasil. A conseqüência foi um enorme rombo financeiro e muitas dívidas. Só restou uma alternativa a Lobato: pedir a autofalência, apresentada em julho de 1925. O que não significou o fim de seu ambicioso projeto editorial, pois ele já se preparava para criar outra empresa.

Assim surgiu a Companhia Editora Nacional. Sua produção incluía livros de todos os gêneros, entre eles traduções de Hans Staden e Jean de Léry, viajantes europeus que andaram pelo Brasil no século XVI. Lobato recobrou o antigo prestígio, reimprimindo na empresa sua marca inconfundível: livros bem impressos, com projetos gráficos apurados e enorme sucesso de público.

Sofreu perseguições políticas na época da ditadura, porém conseguiu exílio político em Buenos Aires. Lobato estava em liberdade, mas enfrentava uma das fases mais difíceis da sua vida. Perdeu Edgar, o filho mais velho, e presenciou o processo de liquidação das companhias que fundou e, o que foi pior, sofreu com a censura e atmosfera asfixiante da ditadura de Getúlio Vargas.

Partiu para a Argentina, após se associar à Brasiliense e editar suas Obras Completas, com mais de dez mil páginas, em trinta volumes das séries adulta e infantil. Regressou de Buenos Aires em maio de 1947 para encontrar o país às voltas com situações conflituosas do governo Dutra. Indignado, escreveu "Zé Brasil".

No livro, o velho Jeca Tatu, preguiçoso incorrigível, que Lobato depois descobriu vítima da miséria, vira um trabalhador rural sem terra. Se antes o caipira lobatiano lutava contra doenças endêmicas, agora tinha no latifúndio e na distribuição injusta da propriedade rural seu pior inimigo. Os personagens prosseguiam na luta, mas seu criador já estava cansado de tantas batalhas. Monteiro Lobato sofreu dois espasmos cerebrais e, no dia 4 de julho de 1948, virou "gás inteligente" - o modo como costumava definir a morte.


Monteiro Lobato foi-se aos 66 anos de idade,
deixando uma imensa obra para crianças, jovens e adultos e o exemplo de quem passou a existência sob a marca do inconformismo.

Pesquisa no site www.lobato.com.br

17 de abril de 2008

Reblogado: Grata Garbo

recebi por e-maila da Yara do Multiply:



Greta Garbo e os grandes fotógrafos



Arnold Genthe, para a Vanity Fair em 1925,
antes de ir para Hollywood



Arnold Genthe







Ruth Harriet Louise







George Hurrell





Edward Steichen







Cecil Beaton





Anthony Beauchamp
 

Pesquisa