24 de agosto de 2009

Luto por Nathalia

Que saudade...


se um dia eu tiver uma filha quero que seja como você
doce Nathalia
fica um pouco mais
a ingratidão é tão amarga
maças que se estragaram
mas sua voz é tão suave
(que qualidade para a mulher!)
não devia o seio do amor
alimentar a traição
mas seus cuidados
enquanto tive
me foi alegria – se foi a alegria

nunca… nunca… nunca

que essa época sombria passe enquanto envelheço
que os jovens mereçam um reino melhor.

Escrevi este texto após assistir KING LEAR de William Shakespeare, versão cinematográfica de Lawrence Olivier – Aqui adaptado em homenagem a minha aluna monitora Nathalia (foto) que faleceu por derrame cerebral (supostamente por causa de diabetes) e foi enterrada em Perus nesta segunda, 24 de agosto de 2009 às 10:30 horas. Ela só tinha 12 anos.
Postar um comentário

Pesquisa