18 de dezembro de 2009

REBLOGADO: Blogueiro ameaçado

retirado de: http://www.bodegacultural.com/2009/12/mauricio-savarese-o-pulha-covarde-manda.html#comment-form

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Mauricio Savarese, o pulha covarde, manda uma advogada me notificar...


Acabo de receber uma "intimidação" judicial, via e-mail, de uma advogada, (tipo cartas de escritório de cobrança) para que eu retire a postagem sobre a covardia de Maurício Savarese, que veio ao meu blog e fez ofensas impublicáveis à minha pessoa, anonimamente, por causa desta postagem aqui.

Não retiro uma vírgula, é minha opinião, nada nem ninguém vai me intimidar. A menos que me digam qual crime estou cometendo ao replicar a agressão de um pulha. Segue a "intimidação" judicial:

Prezado,

Tendo em vista a postagem efetuada no blog www.bodegacultural.com.br de sua autoria, na data so último dia 16 de dezembro, venho por meio deste notificar Vossa Senhoria para que no prazo máximo de 24 hrs (vinte e quatro horas), todo e qualquer material postado referente ao Sr. Maurício Savarese, seja devidamente retirado do ar, sob pena de serem tomadas as medidas judiciais cabíveis, haja vista a infração ao artigo 139 do código penal e artigo 5º, inciso X da Constituição Federal.

Em caso de dúvida entrar em contato no telefone 11-3224-0801

Kelly Regina Cinelli
Advogada
OAB/SP nº 276.571

Simples assim. Vejam o tamanho do poder que emana da pena da advogada da UOL. Senhora Kelly, estou disposto a negociar mediante pedido de desculpas de seu cliente. Vai mandar retirar meu blog do ar? Faço um milhão, já copiei todo o arquivo desta velha bodega. Vou pagar uma indenização milionária? Só se for com serviços prestados aqui na minha cidade, o que farei com muito prazer, mas lhe adianto que não tenho um puto no bolso, só a coragem e a dignidade de um nordestino (inegociáveis) disposto a digerir sua tentativa vã de me intimidar. Não é assim que se esfola um bode. Sabe o que é um bode? É o macho da cabra; cabrão, Pai-de-Chiqueiro. Uma boa conversa talvez me convença, armas não!

Postar um comentário

Pesquisa