24 de abril de 2011

Poema: O Milagre dos Pães

O Milagre dos Pães

Vamos repartir
Vamos repartir
Vamos repartir

E a cada um será muito o que é pouco será pouco
O que era muito.

E a cada um será muito o que é pouco será pouco
O que era muito.

Eram muitos problemas sei, foram
Agora enfrentamos juntos.
Era muita tristeza sei, foi
Agora nos alegramos juntos.


* Vamos repartir

* E a cada um será muito o que é pouco será pouco
O que era muito.

Que seja pago agora o que nos foi dado de graça, A Graça.
Que seja pago agora o que nos foi dado de graça, A Graça.

* Vamos repartir

* E a cada um será muito o que é pouco será pouco
O que era muito


Fábio.
Postar um comentário

Pesquisa