8 de fevereiro de 2006

Sobre as charges anti-Muçulmanas

Uma revista brasileira tenta explicar porque a blasfêmia precisa ser tolerada.
Concordo. A blasfêmia deve ser praticada enquanto crítica satírica ao dogmatismo e às incoerências de todas as religiões (por isso mesmo Eu não sigo nenhuma). Um bom exemplo são os quadrinhos da "Turma da Kelly" ou filmes como "Dogma".
Entretanto não podemos ser coniventes com a blasfêmia enquanto manifestação de racismo e intolerância religiosa ou ideológica, como parece ser o caso das charges tão famigeradas atualmente, feitas com a figura do profeta Mohamed.
Não concordo com o absurdo das manifestações violentas dos povos muçulmanos, entretanto o mundo rico branco ocidental precisa aprender a ser mais humilde e respeitar as diferenças, mesmo quando "acha" poder ajudar o outro a ser melhor. Melhor em quê? Melhor do que quem? Os ocidentais brancos ricos se iludem julgando que sua visão de mundo seja única, exclusiva.
Precisamos crescer.


f.r.n.
Postar um comentário

Pesquisa