24 de março de 2007

Macunaíma

« Para chatear os imbecis. Para não ser aplaudido depois de seqüências dó de peito. Para viver a beira do abismo. Para correr o risco de ser desmascarado pelo grande público. Para que conhecidos e desconhecidos se deliciem. Para que os justos e os bons ganhem dinheiro, sobretudo eu mesmo. Porque, de outro jeito a vida não vale a pena. Para ver e mostrar o nunca visto, o bem e o mal, o feio e o bonito. Porque vi 'Simão no Deserto'. Para insultar os arrogantes e poderosos quando ficam como cachorros dentro d'água no escuro do cinema. Para ser lesado em meus direitos autorais. »

Joaquim Pedro de Andrade,
em resposta a uma enquete do jornal Libération.

Finalmente assisti o clássico Macunaíma, filme de 1969.
Talvez vc conheça a música que Adriana Calcanhoto fez com o texto acima. Nada mais antropofágico.

Postar um comentário

Pesquisa