4 de outubro de 2006

Culinária Africana

Uma professora perguntou-me pelo tema. Fiz uma pesquisa rápida por conta:

O cuscuz original

Variedades é o que não faltam para o cuzcuz. A razão é simples: cada região foi adaptando a receita original com os ingredientes disponíveis.

Mas o que é o cuzcuz original? O cuscuz, kuz-kuz,alcuzcuz, é prato original dos mouros na África Setentrional, do Egito a Marrocos. É quase certo que foram os berberes (povos mulçumanos do norte da África) que criaram esse prato e difundiram seu consumo pelo restante do continente africano.

No início era feito com arroz, farinha de trigo e só passou a ser elaborado com milho a partir do século XVI quando o seu consumo deixou de ser exclusivo na África e espalhou-se pelo mundo.

A utilização do milho para o preparo do cuscuz iniciou-se na América e a adição de leite de coco no Brasil, pois não há registros dessa utilização em nenhuma região africana.

A chegada do cuscuz no Brasil

O cuscuz foi introduzido na culinária brasileira pelos portugueses que por sua vez o conheceram com os berberes. É certo então que portugueses e africanos vieram para o Brasil já conhecendo o cuscuz, mas foi aqui que ele se fez de milho e banhou-se no leite de coco. Seguindo a tradição inovadora da culinária brasileira conheça uma receita de cuscuz de milho adaptada com Azeite de Oliva Espanhol. O resultado é mais saboroso e saudável.

O cuscuz de milho é uma receita típica do Nordeste brasileiro elaborado da seguinte forma: coloque um coco picado e 1/2 copo de água no copo do liquidificador. Bata até obter uma mistura homogênea. Coe o bagaço, apertando bem para tirar o máximo de leite de coco possível. Reserve. Pegue outro coco e bata com a mesma quantidade de água. Despeje em uma tigela e misture 3 colheres (sopa) de azeite de oliva espanhol, 1/2 kg de fubá de milho, 1/2 xícara (chá) de farinha de guerra, 4 colheres (sopa) de açúcar, 1/2 coco ralado e sal a gosto. Misture com as pontas dos dedos e arrume a massa na cuscuzeira. Leve ao fogo por 10 minutos. Em seguida, retiere do fogo, desenforme e sirva regado com o leite de coco. Adoce com açúcar a gosto.

Há também no Nordeste brasileiro o chamado Cuscuz de Carimã que quando preparado com azeite de oliva espanhol fica uma delícia. Para fazê-lo: coloque em uma tigela um quilo de carimã seca, 3 colheres (sopa) de azeite de oliva espanhol , sal a gosto, 2 colheres (sopa) de açúcar e 1/2 xícara (chá) de leite de coco. Esfregue a mistura na plama da mão até desmanchar os bolinhos da carimã. Arrume a massa na cuscuzeira, leve ao fogo por 8 minutos. Retire do fogo, desenforme e regue com leite de coco adoçado à gosto.

O cuscuz não é um prato exclusivo do nordeste e sudeste. A região norte também tem o seu: trata-se do Cuscuz do Norte . Conheça a receita: ferve-se 1/2 litro de leite com 1 colher (sopa) de sementes de erva-doce e açúcar a gosto. Retire do fogo, coe e misture imediatamente com 1/2 coco ralado e um prato de tapioca. Deixe descansar por 30 minutos. Em seguida, arrume a massa na cuscuzeira e leve ao fogo até ficar cozido. Desenforme o cuscuz, fure-o com um garfo e regue com o leite obtido de 1/2 coco.

http://www.azeite.com.br/article.php?recid=57

Para mais informações sobre culinária africana ver também:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Culinária_africana
Postar um comentário

Pesquisa