22 de julho de 2007

Pro dia nascer feliz - Poema

Já falei aqui sobre este belo filme "Pro dia nascer feliz" de João Jardim.
Agora entrei na comunidade orkut "Valéria Pro dia nascer feliz" e achei o belo poema que fecha o filme, escrito pela Valéria Fagundes, destaque neste documentário.

Minha Terra por ventura
mereçe tal descrição
Lá a vida é menos dura
qualquer um lhe estende a mâo.

o céu é menos cinzento
Lá não tem poluiçâo
só existe um argumento
Que me parte o coração.

Ver o povo madrugar
E seguir para o roçado
mais se a chuva não chegar
Perde o que se foi plantado.

Eu agora exilada
só me resta descrever
Aqui não encontro nada
Que me motive a viver
Mais falar da minha Terra
Ah isso me dá prazer.

E mesmo aqui tão distante
Tenho algo á pedir
Quero agora,neste instante
voltar para Manari´
pois eu nâo quero morrer
Sem de lá me despedir.

por valeria fagundes

Veja pequeno video sobre o filme que está no youtube, onde podemos ver Valéria recitar um pedacinho de outro poema que ela escreveu:
Postar um comentário

Pesquisa