1 de janeiro de 2006

Ateismo

Não me julgo mais ateu (agora me declaro agnóstico espiritualista), mas às vezes tenho recaídas anti-religiosas. Dica: aforismos ateístas = http://www.ateus.net/aforismos/index.php

E sabia que existe até uma série de quadrinhos ateus? Por sinal, excelente.
Trata-se da "Turma da Kelly" (uma personagem lésbica!) Veja em: http://www.alenonimo.com.br/kelly/13 = Arte de Alexandre Roberto Pereira.

Retiro trecho do texto Por Que Sou Agnóstico



de Robert G. Ingersoll 1896









"
Sejamos honestos conosco — honestos para com os fatos que conhecemos, e vamos, acima de tudo, preservar a veracidade de nossas almas.

Se existirem deuses, não podemos ajudá-los, mas podemos ajudar nossos semelhantes. Não podemos amar o inconcebível, mas podemos amar a esposa, os filhos e os amigos.

Podemos ser tão honestos quanto somos ignorantes. Se formos, ao nos ser perguntado o que existe além do horizonte do conhecido, devemos dizer que não sabemos. Podemos contar a verdade, e podemos desfrutar da bendita liberdade que os corajosos conseguiram. Podemos destruir os monstros da superstição, as serpentes cissiantes da ignorância e do medo. Podemos expulsar de nossas mentes as coisas assustadoras que rasgam e ferem com bico e presa. Podemos civilizar nossos semelhantes. Podemos encher nossas vidas com feitos generosos, com palavras amorosas, com arte e música, e todos os êxtases do amor. Podemos inundar nossos anos com a luz do sol — com o divino clima da gentileza, e podemos drenar a última gota da taça dourada da alegria."
fonte:
http://geocities.yahoo.com.br/falhasespiritismo/agnostico.html


Postar um comentário

Pesquisa